como organizar finanças e investimentos

Se você já é investidor ou deseja se tornar um, deve saber que a organização é fundamental para ter controle das suas aplicações. Por isso, no artigo de hoje, iremos mostrar a você como organizar finanças e investimentos. 

A verdade é que o sonho de muitas pessoas é poder desfrutar da liberdade financeira e viver inteiramente de renda no futuro. No entanto, esse objetivo será difícil de alcançar sem um bom controle do orçamento pessoal e também profissional.

Isso porque pode haver algumas despesas do dia a dia que passam despercebidas no seu orçamento e podem afetar até mesmo o pagamento de suas contas. Então, dependendo da renda que você ganha, você pode se encontrar constantemente endividado e cada vez mais longe de sua tranquilidade financeira ideal.

Além disso, quando o assunto são investimentos, se você não tiver o controle do que entra e o que sai, pode acabar não percebendo algumas oportunidades ou até mesmo perdendo dinheiro pelo caminho.

Por isso, fique de olho no artigo de hoje para organizar finanças e investimentos do jeito certo. Boa leitura!

Por que organizar finanças e investimentos?

Ao organizar as finanças e investimentos, você poderá ter mais controle sobre o dinheiro e, potencialmente, poderá identificar momentos para economizar mais.

Sem essa organização financeira, fica muito fácil gastar mais do que deveria e, dessa forma, dificultando o processo de enriquecimento. 

Dependendo das circunstâncias, sem este controle, você pode até mesmo acabar endividado. Portanto, os controles financeiros são essenciais para tudo na vida. 

Outro ponto sobre a organização financeira tem a ver com o conhecimento sobre receitas e despesas. Pessoas que organizam suas finanças estarão mais conscientes de seus hábitos e gastos.

Assim é possível cortar algumas despesas para economizar mais dinheiro, ou para utilizar melhor esses recursos de outras formas. 

E os investimentos?

Um portfólio bem organizado pode render resultados surpreendentes no futuro. Como existe uma grande variedade de investimentos no mercado financeiro, é importante entender os ativos e investir de forma diversificada, mas estruturada.

Mas se você não souber organizar finanças e investimentos, isso poderá virar uma grande confusão. Por este motivo, é muito importante ter um melhor entendimento do portfólio para poder definir ou rever estratégias.

Por exemplo, vamos supor que a sua estratégia concentra-se basicamente em aumentar a renda, proteger o dinheiro ou fazer investimentos de longo prazo. Sem organizar seus investimentos, as carteiras tendem a ficar desequilibradas, o que pode trazer resultados negativos no longo prazo. Ou seja, o oposto do que você gostaria! 

A organização conta com uma estratégia bem equilibrada e bem definida em relação à proporção de ativos no portfólio. Um simples passo que pode fazer toda a diferença.

3 passos para organizar finanças e investimentos

Agora que você já sabe da importância de organizar finanças e investimentos, é hora de colocar isso em prática. Para isso, criamos um passo a passo simples e enxuto, para que você possa aplicar o quanto antes sem grandes mistérios.

Vamos lá?

  1. Organizando o Orçamento Mensal

Ninguém organiza finanças e investimentos sem primeiramente passar por um processo de organização mensal. Comece anotando todos os seus gastos e receitas. Pode ser em uma planilha que você mesmo criou ou baixou de algum site da internet.

Este pode ser um processo minucioso e um tanto chato, mas com o tempo se torna um hábito extremamente positivo e fundamental para a sua organização financeira. Faça isso mensalmente, observando sempre de onde vem a maior receita, e para onde vai a maior despesa.

  1. Organizando os Investimentos

Depois de ter o controle das finanças mensais, é hora de organizar os seus investimentos. Para isso, busque alguma plataforma online de confiança e que seja extremamente completa para o que você busca. 

Aqui no Meus.Dividendos.com, você consegue planilhar cada um dos seus investimentos, acompanhar os ganhos, e ainda conferir as datas certinhas para o pagamento dos dividendos. Dessa forma, sempre que você receber dividendos e/ou investir em algo, você pega os dados da plataforma e joga na sua planilha de organização mensal.

Acesse agora aqui e faça o seu cadastro totalmente gratuito.

  1. Realize o Acompanhamento das Planilhas

Não adianta simplesmente fazer as planilhas uma vez só e pronto. É preciso um mínimo de acompanhamento diário ou semanal para ter certeza de que tudo está correndo bem. Principalmente na planilha de orçamento mensal.

Lembre-se de ir preenchendo as planilhas com o tempo, e analisando cada detalhe para ver se a sua situação financeira está de acordo com seus objetivos. Identifique meios de economizar mais, bem como investimentos que possam ser promissores.

Conclusão

Organizar finanças e investimentos pode não ser a tarefa mais agradável do mundo. Porém, quando se tornar um hábito, você vai agradecer por ter começado um dia. 

À medida que o tempo passa, as suas análises pessoais ficarão a cada dia mais profundas e embasadas nessas planilhas. Por isso, leve os 3 passos que passamos acima em consideração e comece hoje mesmo a ter mais organização financeira na sua vida. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *